quarta-feira, 4 de agosto de 2010

Romantismo Barroso

Queria mostrar-te a beleza do sol
quando às seis horas da tarde
refresca-se no horizonte longínquo.

Queria mostrar-te o cheiro do orvalho
e sua insignificância poética
nas madrugadas vazias.

Queria mostrar-te a chuva
e a limpeza de suas gotas
sobre a alma pesada.

Queria mostrar-te o ocaso
da minha poesia
e dos lugares abandonados.

Queria mostrar-te a saudade
que por ora ocupa
meu único espaço.

Por Rene Serafim - "Juninho"

6 comentários:

  1. queria mostrar-te meus olhos, sentindo tudo isso!

    :**

    ResponderExcluir
  2. Queria não conhecer essa saudades

    ResponderExcluir
  3. Gostei de tua verbe lírica.
    Algo etéreo no ar.
    Confira meus poemas no meu blog.
    Vou te seguir.

    ResponderExcluir
  4. Lindo poema! Vc postou no dia do meu aniversário e só vi agora huahuauhahua... Fico tão feliz quando alguém faz poesia de qualidade e se inspira nos clássicos! Estou te seguindo!

    Acesse: http://observatoriolinguistico.blogspot.com/

    meu blog sobre linguagem em geral. em breve pretendemos começar com promoções e concursos culturais, então siga e divulgue!

    ResponderExcluir
  5. Rene passei para conhecer seu blog ele é not°10, show, espetacular desejo muito sucesso em sua caminhada e objetivo no seu Hiper blog e que DEUS ilumine seus caminhos e da sua família
    Um grande abraço e tudo de bom
    Ass:Rodrigo Rocha

    ResponderExcluir
  6. Você é dos poucos parnasos que consigo ler.

    Ah, antes de eu entrar no seu blog, a internet de um aviso de risco de vírus, dizendo que aqui contém elementos do site www.oruminante.com.br, que segundo o Google está contaminado por malware.

    ResponderExcluir